Rádio Onda Viva

.

Emissão Online

Madi e Misericórdia apoiam mais 148 pessoas com deficiência

De uma assentada, Vila do Conde passou a ter condições para prestar mais apoio a pessoas com deficiência, isto à custa da ação da Santa Casa e do Madi. A Misericórdia inaugurou oficialmente o Centro de Reabilitação Professor Doutor Jorge Azevedo Maia, que significou um investimento de um milhão de euros e dá emprego a 22 pessoas. A estrutura já está em funcionamento desde Janeiro, mas só ontem se deu o descerrar da tradicional placa com a presença do secretário de estado da Solidariedade e Segurança Social, Agostinho Branquinho. O provedor Arlindo Maia agradeceu à família que doou a casa e permitiu a criação de mais uma valência da Santa Casa. De Fajozes, os diversos dirigentes e autoridades dirigiram-se para Ferreiró onde o MADI (Movimento de Apoio ao Diminuído Intelectual) criou um pólo rural de integração e reabilitação. A assinatura de um acordo de cooperação com a Segurança Social permitiu, ao fim de seis meses de espera, abrir a valência, diz o presidente do Movimento, José Luís Ferraz. Em cada um dos dois locais, há capacidade para 24 residentes e 30 utentes do Centro de Atividades Ocupacionais.

As declarações podem ser ouvidas na edição local de sábado.

RECOMENDADAS

Login