Rádio Onda Viva

Emissão Online

Assembleia Geral pendente de pagamento de quotas atrasadas

O Varzim reagiu finalmente ao pedido de convocação de uma assembleia geral com o objetivo de destituir os órgãos sociais do clube. Um abaixo assinado subscrito por mais de duas centenas de sócios tinha sido entregue ao líder da Assembleia Geral e este vem agora explicar que foram detetados vários associados com quotas em atraso, nomeadamente 47 que não pagaram o junho passado. João Mariz deu como prazo o final deste mês para essa situação ser regularizada e depois promete apreciar esse pedido de reunião magna. Pode ler em baixo comunicado oficial na íntegra.

“Na tarde do passado dia 17 de Julho, foi entregue ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Varzim Sport Club um abaixo-assinado subscrito por 210 associados, solicitando a marcação duma assembleia-geral com vista à destituição dos órgãos sociais do Varzim Sport Club atualmente em funções.

Após a análise desse documento pelos serviços administrativos do clube, constatou-se que mais de metade dos subscritores desse abaixo-assinado não pagaram ainda a quota relativa ao mês em curso. Verificou-se ainda que 47 desses subscritores não pagaram sequer a quota do mês de Junho.

Nos termos do art.º 13º nº 3 dos Estatutos do Varzim Sport Club, a assembleia-geral do clube pode ser convocada a pedido de um grupo de, pelo menos, 200 sócios efetivos, no pleno gozo dos seus direitos de associados.

Nesta conformidade, o Presidente da Assembleia Geral do Varzim Sport Club convida os senhores associados subscritores do abaixo-assinado que se encontram com quotas em atraso a pagarem, pelo menos, a quota relativa ao mês de Junho (quota 06), até ao dia 31/07/2019, para que o pedido de convocação da assembleia-geral extraordinária possa ser apreciado”.

Pizzaria Miragem

RECOMENDADAS

Login

Emissão Online