Rádio Onda Viva

Emissão Online

Homem de 63 anos batia, ameaçava e perseguia mulher de 32 anos

Um homem com 63 anos foi detido em Vila do Conde por suspeita de um crime de violência doméstica e viu já o tribunal de Matosinhos decretar-lhe a obrigação de utilizar uma pulseira eletrónica que detetará qualquer aproximação à vítima com a qual está proibido de contactar por qualquer meio e em qualquer lugar. Isso está escrito num comunicado da GNR que acrescenta que  os militares do Núcleo de Investigação Criminal e Apoio a Vítimas Específicas concluíram que o homem “exercia violência física contra a sua companheira de 32 anos”. Mesmo depois depois da relação ter terminado, há dois anos, continuou a fazer “ameaças e perseguições”, chegando inclusive introduzir-se, sem autorização, na casa da mulher em causa. Da investigação resultou também o indício de que o homem disporia de armas e, assim sendo, os militares do Comando Territorial do Porto efetuaram uma busca domiciliária e encontraram uma caçadeira, 28 cartuchos, oito armas brancas e 43 munições de diversos calibres. A operação foi desenvolvida na segunda-feira, mas só hoje foi tornada pública.

VianaCar

RECOMENDADAS

Login

Emissão Online