Rádio Onda Viva

Emissão Online

Aires Pereira espera ter novidades em breve sobre o Centro Hospitalar

O futuro do Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim / Vila do Conde foi abordado pelo autarca Aires Pereira na recente entrevista concedida à Rádio Onda Viva. “Só estarei sossegado, vão compreender que não posso dizer muito mais do que isto que vou dizer, no dia em que assinar um contrato programa de desenvolvimento para o nosso Centro Hospitalar com base naquilo que é cedência do espaço adjacente do município e com base naquilo que é a disponibilidade financeira que o município também anunciou para podermos continuar a desenvolver e a criar condições para um atendimento de qualidade e um atendimento para os cidadãos que corresponda aquilo que é expectável do serviço nacional de saúde. As condições que hoje temos não são muito boas e as pessoas queixam-se muito das condições físicas e do tempo de espera e eu acho que nós podemos melhorar tudo isso com um pequeno investimento desde que haja vontade política para o efeito”.

O edil recordou os resultados positivos da recente visita da ministra da saúde à Póvoa. “Depois da recente visita da senhora ministra ao Centro Hospitalar e da oportunidade que tive de reunir com ela na unidade da Póvoa de Varzim, fiquei com a impressão de que ela percebeu que com pouco pode fazer muito e ficou muito sensível para aquilo que são as necessidades imediatas nesta nossa unidade e portanto temos já em cima da mesa uma proposta validada pelo conselho administração do Centro Hospitalar e por mim próprio do ponto de vista daquilo que são as condições desenvolvimento do projeto para o futuro. Esse processo está nesta altura para avaliação no ministério da saúde, no gabinete da ministra, portanto espero num curto espaço de tempo ter notícias definitivas sobre isto. O ministério da saúde tem tido uma vida muito agitada nos últimos tempos e compreendo que haverá outras prioridades, mas também percebo da vontade que as pessoas têm de por um ponto final nisto. Portanto acredito que dentro de pouco tempo teremos novidades muito encorajadoras para o futuro de todos nós”.

Em resumo, Aires Pereira está confiante que o esforço feito vai dar frutos a curto prazo. “Acho que o esforço que se fez para arranjar condições para colocar a TAC foi muito importante para a urgência médico-cirúrgica pois, embora muita gente não tenha percebido, é fundamental esse equipamento para não deixar uma porta aberta. Agora o esforço que se está a fazer para a mudança da consulta externa e para a criação de um conjunto de valências importantes para o exercício dos profissionais parece-me ser sério e que as pessoas têm vontade de concretizar. Portanto, estou expectável relativamente a isto”.

Aires Pereira esteve, no passado fim de semana, na Rádio Onda Viva para mais uma edição do Grande Entrevista, programa que pode ouvir a qualquer momento no podcast disponível aqui.

As declarações podem ser ouvidas na edição local.

  

Clique para solicitar um orçamento

RECOMENDADAS

Login

 

Emissão Online