Rádio Onda Viva

Emissão Online

Pesquisar

'Talvez se a população tivesse vindo para fora com grandes manifestações'...

O médico ortopedista Correia Martins, no programa Grande Entrevista da Rádio Onda Viva, abordado acerca da velha questão da construção de raiz de um novo hospital comum à Póvoa e Vila do Conde mostrou-se muito cético. E recuou até meados da década de 90 do século passado para explicar o seu pessimismo na matéria. “Perdida que foi a oportunidade” com o surgimento do projeto dos Hospitais Senhor do Bonfim, atualmente explorado pelo grupo Trofa Saúde, para o conhecido médico o novo hospital será agora sempre “uma utopia”. Correia Martins acusa as forças políticas em geral de diminuírem a importâncias do centro hospitalar da Póvoa em favor do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos. Mas o hospital que serve também Vila do Conde tem clínicos de qualidade, e no entender de Correia Martins, a boa produtividade do estabelecimento de saúde ao longo dos anos foi o que salvou do seu encerramento. Ainda assim, Correia Martins, deposita, alguma esperança numa parceria com os Hospitais Senhor do Bonfim/Trofa Saúde. E os autarcas da Póvoa e Vila do Conde fizeram bem todo o “trabalho de casa”? “Não podiam fazer mais, dependentes da tutela”, respondeu o clínico. O povo é que devia ter vindo para a rua, defende o médico, fazer valer os seus direitos.  Quanto a obras de melhoramento do atual centro hospitalar são bem-vindas, mas isso só não chega. Para rematar este assunto, Correia Martins diz não compreender como é que a Póvoa nos anos 60 e 70 do século passado, não avançou com um novo hospital, como fizeram municípios limítrofes, como Barcelos e Famalicão.

As declarações podem ser ouvidas na edição local.

  

Clique para solicitar um orçamento

RECOMENDADAS

Login

 

Emissão Online