Rádio Onda Viva

Emissão Online

Pesquisar

Oposição não viu nada de grave em relatório

Não fazia parte da reduzida agenda de trabalhos, mas na última reunião do executivo municipal da Póvoa de Varzim (dia 12) , foi debatido um relatório da Inspeção Geral de Finanças (IGF) realizado em 2015 acerca das contas do município poveiro. Isto numa altura em que a câmara estava a completar a execução do Programa de Apoio à Economia Local (PAEL), resultante dos anos da crise e da troika em Portugal. Aires Pereira sublinhou que, no essencial, nunca esteve em causa o bom funcionamento das contas das Câmara, houve apenas necessidade de efetuar algumas correções. As recomendações foram acolhidas, mas já fazem parte da história, frisou o edil.Do lado do PS, o vereador José Milhazes não descortinou no relatório em causa qualquer chamada de atenção  grave,  não vendo problemas de maior nas conclusões deste relatório relatório da auditoria que a IGF,  no ano de 2015, realizou ao município (para verificar se foram cumpridos  os  objetivos do PAEL , bem como se a autarquia apresentava uma gestão orçamental e financeira equilibrada e sustentável).

As declarações podem ser ouvidas na edição local.

  

 

Pizzaria Miragem

RECOMENDADAS

Login

Emissão Online