Rádio Onda Viva

Emissão Online

Tribunal pune 'humilhação' de trabalhadores

O PCP da Póvoa de Varzim emitiu um comunicado para saudar a “grande vitória” dos trabalhadores do Casino que lutaram na justiça contra um despedimento coletivo que consideraram ilícito. O Tribunal de Barcelos deu razão aos funcionários obrigando a concessionária da zona de jogo a reintegrar os 21 visados, pagar os salários e benefícios e uma indemnização como ontem já lhe contámos (pode recordar aqui). Pois bem, o PCP considera que a administração da Varzim Sol em relação aos despedidos “procurou humilhá-los, bem como aqueles que ainda hoje ali trabalham”. O PCP realça que, desde o primeiro momento, esteve solidário com os trabalhadores do Casino e as suas lutas, (na imagem a comissão concelhia recebe trabalhadores e sindicato)inclusive com a com a presença de deputados da Assembleia da República, entre os quais Jorge Machado, eleitos locais da CDU, fazendo perguntas ao Governo e à Câmara Municipal “exigindo actuação na defesa dos direitos dos trabalhadores, recebendo-os na Assembleia da República a partir do Grupo Parlamentar do PCP”. O Partido Comunista saúda os trabalhadores e o seu sindicato por aquilo que chama de “vitória da dignidade, da unidade, da força da luta” e salienta que o despedimento ocorreu pelo facto dos visados exigirem “que o Casino da Póvoa cumprisse os direitos que lhes devia. Direitos tão básicos como estarem organizados e serem sindicalizados, serem dirigentes ou delegados sindicais ou membros da Comissão de Trabalhadores”. Até agora o Casino ainda não reagiu à  decisão do Tribunal do Trabalho de Barcelos que é passível de recurso.

Imagem: arquivo

As declarações podem ser ouvidas na edição local.

  

Clique para solicitar um orçamento

RECOMENDADAS

Login

 

Emissão Online