Rádio Onda Viva

Emissão Online

Pesquisar

De fogo em fogo até ser apanhado

Um homem está acusado de um crime de incêndio florestal, embora o Ministério Público o tenha indiciado por diversas situações consecutivas na tarde do dia 1 de Agosto. Segundo a acusação, o arguido, munido de fósforos, foi gerando as chamas à passagem por várias áreas florestais de Vila do Conde: na confrontação de Macieira da Maia com Fornelo e já nesta última freguesia na Rua do Maninho, na rua do Pimenta e na Calçada do Pimenta. Quanto ateava do último incêndio acabou detido, mas ainda assim os fogos consumiram mais de um hectare de mato, pinheiro e eucaliptos e só não progrediram mais por terem sido atacados pelos bombeiros, refere a procuradoria.

As declarações podem ser ouvidas na edição local.

  

 

 

Pizzaria Miragem

RECOMENDADAS

Login

Emissão Online